30 de nov de 2011

Rapidinhas – 30/11/11

Uma passada pelo futebol catarinense no meio da semana

JEC – O Joinville, que disputa a final da Série C no sábado contra o CRB na Arena, está negociando um patrocínio pontual para estampar em sua camiseta na partida decisiva. A empresa é a Tupy, que deve pagar R$70 mil para estampar a marca apenas neste jogo.

Metropolitano – O Metrô divulgou hoje pela manhã em seu site oficial a contratação de três jogadores. Os xarás e  jogadores de meio-campo Thiago Laranjeira e Thiago Cristian e o atacante Pantico, que já passou pelo Brusque e pelo JEC.

Brusque – O tricolor anunciou o treinador para a próxima temporada. É o já rodado, e com passagem pelo próprio Brusque, Marcelo Caranhato. Durante a apresentação, o Presidente Maurici Pereira de Souza falou sobre as dificuldades que o clube está enfrentando, com um orçamento que gira em torno de R$90 mil. Maurici também declarou que está buscando jogadores não utilizados por Avaí e Figueirense, e se comprometeu a apresentar o novo plantel até o dia 12 de dezembro.

Avaí – O time azurra voltou os preços dos ingressos na Ressacada para os valores antigos faltando apenas o clássico para o fim do campeonato. A decisão gerou reclamações do lado alvinegro, porque existem promoções para os avaianos em todos os setores do estádio, e os visitantes terão de desembolsar R$80 para assistir à partida. 

O que se fala é que, da mesma forma que fez a torcida do Corinthians, que comprou ingressos em setores indevidos no último domingo, a torcida do Figueira pretende comprar todo o setor G, destinado aos avaianos, próximo à torcida visitante e com promoção. Vamos ver no que vai dar..
 
Chapecoense – A Chape anunciou ontem a contratação de dois atletas, ambos sem nenhuma passagem pelo nosso estado. Um deles é o atacante Kiros Stânlley, de 23 anos e 1,95m de altura e o outro é o zagueiro Leandro Camilo, que já jogou no Santa Cruz e atualmente defendia o Paysandu.

Santa Catarina FC – O blog completou ontem uma semana de vida, com mais de 550 acessos. Fica o agradecimento a todos que clicaram, leram, concordaram ou discordaram com o que foi veiculado aqui. O que queremos é dar este espaço ao futebol catarinense e toda ajuda, comentário, sugestão ou crítica serão sempre bem-vindos. Vamos fazer essa história juntos. Avante!

27 de nov de 2011

Os jogos do final de semana

Santa Catarina FC te mostra tudo que aconteceu com os times do estado


Figueirense joga bem, mas não suporta a força Corinthiana

Derrota por 1 a 0 põe em cheque a vaga do Furacão na Libertadores

Liedson marcou o gol da vitória. Foto Reuters

O Orlando Scarpelli lotou para ver o embate do surpreendente Figueirense e o “Poderoso Timão”. O jogo foi muito disputado, com o Corinthians usando suas armas de indiscutível qualidade e o Figueira com seu padrão tático lutando para se manter dentro do jogo. Em um lance isolado, após Aloísio perder a bola no meio de campo, o habilidoso Alex fez uma grande jogada e a bola foi para Liédson, que não perdoou a única falha do Figueirense no jogo.

O que se viu na partida, além de confusão e núcleos de Corinthianos por todos os setores do estádio (estima-se que eram mais de 6 mil), foi um Figueirense aguerrido, que, com todas as forças, correu atrás de um time que está em outro patamar. É inegável que o Figueira da belíssima campanha jogou bem, certinho, mas a qualidade individual, o elenco, a camisa, tudo pesou para o Corinthians.

O Figueirense fez mais do que podia no campeonato.

Libertadores

Com a derrota, o Alvinegro caiu para a sétima colocação na tabela, deixando sua vaga na maior competição da América ameaçada. A missão será difícil, porém não impossível. Em primeiro lugar, o Furacão precisa vencer o Avaí na Ressacada, depois disso é que vem a torcida. Os resultados que o Figueira precisa para a classificação não são improváveis.

Torcida alvinegra esta ansiosa. Foto: Edu Cavalcanti
 
Secador ligado, segue a lista:

Flamengo – joga contra o Vasco, com mando de campo do time cruzmaltino. A vitória vascaína pode significar o título do Brasileirão. Vasco é favorito.

Coritiba – joga contra o rival Atlético dentro da Arena da Baixada. O rubro negro paranaense está em 18º, no Z4, mas caso vença o Coxa em casa, pode escapar do rebaixamento para a segunda divisão. Nada improvável.

Caso os dois tropecem, o Figueira tem vaga garantida, mas se apenas um tropeçar, a lista de “secagem” aumenta um pouco.

Internacional – joga em casa o clássico contra o Grêmio, que não luta por muita coisa. De qualquer forma, os maiores filósofos do futebol no estado ao sul de nossa Santa e Bela Catarina sempre disseram: Gre-Nal é Gre-Nal, e nunca haverá um favorito.

Ainda dá, Figueira, ainda dá.


Avaí joga com raça, mas sai com a derrota diante do Coritiba

O gol do jogo, marcado por Jéci saiu apenas aos 40 do segundo tempo

Jogo disputado no Couto Pereira. Foto: Heuler Andrey

O Leão perdeu mais uma no campeonato. Na partida com jogadores sendo testados contra o Coritiba, a raça avaiana se igualou à técnica Coxa-branca. Apenas no final do jogo, um zagueiro do time curitibano (não, não foi o Emerson) furou a defesa azurra e deu números finais à partida. 1 a 0 para o time da casa.


Com a derrota, o Avaí não sai mais da lanterna no campeonato, e a única pretensão que resta é atrapalhar o Figueira. A primeira parte foi feita hoje, com a vitória, o Coritiba se igualou ao Figueirense com 57 pontos, mas está na frente do Alvinegro pelos critérios de desempate.

A segunda parte depende da competência avaiana. Até mesmo um empate praticamente anula as chances alvinegras de ir à Libertadores. Mas no caso de derrota, podem amargar uma das maiores festas de torcida já vistas em nosso estado. Sem dúvida, a conquista mais expressiva de um time catarinense desde a Copa do Brasil de 1991, vencida pelo Criciúma.

É, Avaí, teu fracasso em 2011 não muda mais, o que resta é incomodar o rival.
 

Série B: Criciúma perde fora de casa

O Tigre só cumpriu tabela contra o São Caetano

O Criciúma foi até São Caetano do Sul enfrentar o Azulão no estádio Anacleto Campanella e saiu derrotado por 1 a 0. O gol da partida foi marcado pelo meio campo Souza, após cruzamento na área. O time de Márcio Goiano termina a Série B com 51 pontos e no 14º lugar.

A posição é um pouco distante para quem buscava a briga pelo acesso, mas acredito que o ano foi importante para o Tigre. O time esteve muito pior do que está. Em 2011, caminhou firme pela segunda divisão passando grande parte do campeonato na parte de cima da tabela. É preciso lembrar que o Criciúma acabava de voltar da C, e querer subir já no primeiro ano era muito pretencioso.

Agora, o time começa a se ajeitar para o ano que vem, onde terá boas chances no Catarinense e também na Série B. Com a manutenção do elenco, agora sob comando de Márcio Goiano, a experiência em 2011 será muito importante para uma campanha forte no ano que vem, dessa vez, brigando pelo acesso.


Série C: JEC muito perto do título

Vitória sobre o CRB em Alagoas deixa o Tricolor a um passo da taça

Jogadores do JEC comemoram o gol. Foto: Salmo Duarte

O Tricolor deu um primeiro passo gigantesco em busca da conquista do Campeonato Brasileiro da Série C. Jogando em Alagoas, no estádio Rei Pelé, o JEC não se intimidou e abriu o placar logo aos dez minutos, com um gol contra do zagueiro alagoano Filipe.

Aos 22 minutos, o time do norte catarinense ampliou o placar com um chute de Glaydson de fora da área. Depois disso o jogo ficou mais calmo e o CRB equilibrou a partida. Aos 8 minutos do segundo tempo, o time alagoano descontou com Giovane, que teve liberdade na área e fez um belo gol.

Os donos da casa tiveram o jogador Tiaguinho expulso, o JEC aproveitou e deu o golpe fatal. Em jogada de Ramon, a bola sobrou para Aldair, que conferiu e deu números finais à partida, 3 a 1 para o time catarinense.

Decisão

A final da Série C acontece no próximo sábado na Arena Joinville. O JEC será campeão caso vença, empate ou até perca sob determinadas condições. O Tricolor pode perder por um gol de diferença com qualquer resultado (Ex: 1 a 0, 2 a 1, 3 a 2..), ou até perder pelo placar de 2 a 0. Caso o CRB vença por 3 a 1, a decisão vai para os pênaltis.

Pode preparar a festa, torcida tricolor.

26 de nov de 2011

Perspectivas avaianas

O Leão já pensa somente na próxima temporada


Avaí treina antes do jogo contra o Coritiba. Foto: Jean Balbinotti

Mauro Ovelha já está há dez dias no Avaí, e, até agora, seu trabalho é apenas o de observar. Atualmente, segundo o ClicEsportes, o elenco tem pelo menos 40 jogadores, sendo cinco goleiros, sete laterais, oito zagueiros, 14 meio-campistas e seis atacantes. O papel do Ovelha é o de destrinchar o grupo para ver quem serve para a próxima temporada.

“Servir” não é apenas quem tem qualidade para jogar, mas ver quem é viável financeiramente. Lincoln por exemplo, além de ter tido problemas extra campo não apenas com o Diogo Orlando, é alguém inviável para o orçamento que terá o clube azurra para o ano que vem.

O goleiro Moretto já é uma realidade para 2012. O capitão William tem muita identificação, mas não sei quanto ao seu futuro dentro do Avaí. Acredito que jogadores como Pedro Ken, Estrada e Rafael Coelho poderiam ser reaproveitados, sendo olhados com maior cuidado. E aquela “laia” que foi contratada por parceria, ganha muito e não joga nunca, espero que vão todos embora.

Mais duas rodadas

Enquanto Ovelha estuda, Edson Neguinho tem trabalho. Antes de se desligar completamente de 2011, o Avaí precisa cumprir mais dois compromissos. O primeiro, amanhã, diante do Coritiba no Couto Pereira, e o último no clássico contra o Figueirense na Ressacada.

Agora essas partidas não valem mais nada para o Leão no campeonato, mas é preciso se lembrar que o clube tem uma história gloriosa, e a honra precisa ser defendida nesses últimos dois jogos.

O time azurra já está definido para o jogo contra o Coxa: Moretto; Arlan, Cássio, Welton Felipe e Fernandinho; Acleisson, Diogo Orlando, Leandrinho e Robinho; Cleverson e William vão para a batalha.

O Avaí provavelmente será muito pressionado dentro do Couto Pereira, com o Coritiba ainda com remotas chances de Libertadores. Acho que a motivação do time para o jogo também é muito pequena, e não vejo muitos resultados possíveis para o Leão que não sejam a derrota.

Clássico


Ter o último jogo do ano já estando rebaixado, dentro de casa contra o maior rival provavelmente não era algo que o Avaí planejava. Neste jogo, vejo uma condição determinante para o resultado: a torcida.

Se a torcida do Avaí comparecer ao jogo em peso, o time jogará com mais vontade. Coisa do futebol, coisa do Brasileirão, um time rebaixado pode acabar com o sonho de um que está lá em cima. O Figueira pode chegar lá, dependendo do resultado do jogo contra o Corinthians, quase dentro da Libertadores. O Leão, de casa cheia, poderia fazer algo histórico para a rivalidade e para a alegria de sua torcida.

Tirar a vaga do Figueira seria uma motivação gigantesca para a volta avaiana, e já dando o tom de quem vem com tudo para o Catarinense.

Mas, se a torcida do Avaí não aparecer e a Ressacada ficar alvinegra, o Figueirense tem tudo pra conseguir a conquista dentro da casa do rival, e fazer a festa. De sua alegria e do rival chegando ao fundo do poço.

“Jamais estarás só” diz a torcida do Leão, e a confirmação dessa máxima será muito importante para que o time caia com dignidade.

Torcida avaiana diz não abandonar o time. Foto: Jamira Furlani

Que caia, mas caia de pé.

24 de nov de 2011

Figueira tem cinco indicados ao Prêmio Craque do Brasileirão

Apenas Vasco, Corinthians e Botafogo receberam mais indicações do que o Furacão

Wellington Nem é candidato a revelação do campeonato


Está aí mais uma prova da grande temporada e do ótimo time que tem o Figueirense (eu disse time, não elenco). Jamais um clube catarinense havia recebido tantas indicações, e isso é algo muito bom para a visibilidade da instituição e também dos jogadores. É uma pena que, com essa visibilidade, provavelmente a maioria dos destaques sairá do Furacão no final do ano.

Vamos aos nomes das feras: Bruno Vieira, Juninho, Júlio César, Wellington Nem e Jorginho.



Bruno é favorito na lateral direita
Bruno (lateral direito): Excluindo a péssima atuação na derrota do Figueira para o Fluminense no último domingo no Orlando Scarpelli, Bruno vem fazendo uma temporada excelente e mantendo uma regularidade invejável. Venho apontando ele como o melhor lateral do país, e não é de hoje. Ao meu ver, é favorito para ser o melhor jogador do campeonato em sua posição e é alguém que o Figueirense deveria traçar um plano para conseguir manter em 2012. Jogador importantíssimo!



Juninho iniciou bem no campeonato
Juninho (lateral esquerdo): Fez ótimas atuações durante o campeonato, mas já faz algum tempo que não é o mesmo. Já ouvi gente dizendo que foi o Jorginho que pediu para ele dar uma segurada e ficar mais na defesa, mas não acredito, até porque, as laterais são o grande escape do Figueirense para o ataque. De qualquer forma, Juninho vem caindo de rendimento há vários jogos. Acredito que o vencedor da posição será o Bruno Cortês, do Botafogo.



Julio César também foi indicado
Julio César (primeiro atacante): A torcida alvinegra só tem a agradecer pela temporada do Júlio (mesmo com o pênalty perdido no clássico). Fez vários gols e foi muito importante para o Figueira em diversas partidas. Dentre os concorrentes, o Leandro Damião ficou muito tempo fora, mas o outro adversário.. Pra mim essa não é a posição do Neymar, mas vá lá, botaram ele aí. Infelizmente, não dá pra concorrer com o moicano, por isso acho que o Júlio não fatura essa. Se JC vai pro Corinthians, ou para outro time, eu não sei, mas merece muitos aplausos dos alvinegros pela belíssima temporada.




Wellington Nem fez ótima temporada
Wellington Nem (revelação): Concorre com Leandro Damião e Bruno Cortês. Para mim, essa é a categoria mais complicada de se votar. O Cortês fez um campeonato muito regular, impecável. O Damião ficou muito tempo parado, mas quando estiver em boa fase novamente, tem tudo para ser “o cara” da seleção brasileira. E o Mano Nem? O Nem fez um baita de um campeonato! O Flu mandou ele pra cá para que aparecesse e isso deu mais do que certo. O guri é bom e tem muito futuro. Ele é o elo de ligação entre Elias, Fernandes e Maicon com o Júlio, e faz isso de forma brilhante. Muito ruim para o Figueira ele já ter confirmado o retorno para o Flu, vai fazer falta. Pra sair de cima do muro, acho que o Damião leva o prêmio.



Jorginho é um dos indicados
Jorginho (técnico): Fez um trabalho sensacional no Figueira, mesmo quando muito criticado. Até hoje, não gosto do jeito que ele faz o Alvinegro jogar, principalmente em casa. Mas, cara, ele botou o time na Zona da Libertadores, e tem muita chance de conquistar a vaga. O torcedor fez muito bem em acolher ele, que, é outro que eu acho que vai sair... Jorginho fez um trabalho sensacional, uma ótima campanha, mas, impossível que qualquer um ganhe da dupla Cristóvão e Ricardo Gomes. Por tudo que aconteceu, merecem o prêmio. Sem mais.



Parabéns, Figueira! E agora, os jogadores tem que pensar em conquistar esse prêmio pessoal Todos tem que focar em conquistar a vaga na Libertadores. E os dirigentes tem mais é que quebrar a cabeça pra dar um jeito de segurar a maioria deles.

23 de nov de 2011

JEC rumo ao primeiro título nacional

Duas partidas contra o CRB definirão o vencedor da Série C
Torcida tricolor ansiosa para ganhar o título. Foto: Blog Magrão e Magrão

O Joinville joga, neste e no próximo sábado, as duas partidas do ano. A primeira, no dia 26, será lá em Alagoas, e na segunda o Coelho pega o CRB dentro da Arena. Para a primeira partida, está tudo praticamente pronto, Arturzinho apenas faz os últimos ajustes no time.


Em entrevista coletiva, o capitão Ricardinho falou sobre a decisão. “É uma final muito especial, de valor nacional e que tem um peso muito grande para nós. Estamos nos preparando da melhor forma para conquistar a taça”, disse o jogador.


O clima no JEC é ótimo, o ano foi excepcional e acredito que este título possa vir para coroar a campanha do time. Até a torcida União Tricolor que usava sua faixa de cabeça para baixo na arquibancada desde 2004, terminou o seu protesto. Sem dúvidas, são novos tempos no Joinville E.C.


Que venha o título, porque a próxima parada é a Série B!
Torcida comemora o acesso. Foto: Blog Magrão e Magrão



22 de nov de 2011

Tudo novo no Metropolitano

O Verdão do Vale começou a preparação para a próxima temporada
Novo elenco foi apresentado na segunda-feira. Foto: Site do Clube


O Metropolitano divulgou na manhã desta terça-feira o retorno de César Paulista ao comando do time para o estadual de 2012. O contrato é de um ano e o trabalho já começa nesta quarta-feira (23/11).

Esta é a quarta passagem de César pelo Metrô, onde é muito respeitado e tem grande identificação com a torcida. Em 2008 foi César que comandou o Verdão para o quarto lugar no Estadual e a disputa da Série C.

O elenco do clube para o ano que vem foi apresentado nesta segunda-feira no Olímpico, no centro da cidade. Além da apresentação do elenco, foi anunciado um DVD em comemoração aos 10 anos do Clube Atlético Metropolitano, que faz aniversário em 22 de janeiro, quando enfrentará o maior rival Brusque, na estréia pelo Campeonato Catarinense de Futebol de 2012.

Nova Camisa

Hoje também foi divulgada a manutenção da parceria do clube com a Fanatic, veja como ficará a camisa do ano que vem.

Uniformes do metropolitano para 2012. Imagem: Site do Clube