5 de jun de 2012

JEC vence terceira consecutiva e entra no G-4


Tricolor superou o ASA na Arena Joinville

Lima lutou mas passou em branco. Foto: Cleber Gomes

Jogando em casa, o Tricolor teve dificuldade para superar a Associação Sportiva Arapiraquense, que até então tinha perdido apenas uma partida na Série B e tinha os mesmos sete pontos da equipe joinvillense.

O gol do Joinville saiu apenas no segundo tempo, quando, jogando com dois atacantes, a equipe se fez mais presente no ataque e deu mais movimentação ao jogo do que na primeira etapa. Quem marcou o tento da vitória tricolor foi Tiago Real, em chute desviado em Alex.

A próxima partida do JEC acontece apenas no sábado, dia 16/06 contra o Ceará na Arena Joinville. São 11 dias sem partidas e viagens para que Leandro Campos possa fazer os ajustes que desejar e fortalecer o Tricolor na até aqui, muito boa campanha na segunda divisão.

O resultado levou o Joinville ao momentâneo terceiro lugar na competição. O time ainda pode perder algumas posições devido aos oito jogos que completam a rodada na sexta-feira e no sábado.

Confira a tabela de classificação da Série B:


Primeiro tempo:

Poucas chances foram criadas pelas duas equipes na primeira etapa. A primeira defesa difícil da partida foi feita pelo goleiro do ASA aos 13 minutos. Em cruzamento de Eduardo, Tiago Real chutou de primeira, forçando Gilson a praticar uma difícil defesa.

Sentindo a necessidade de atacar mais e com melhor eficiência, Leandro Campos colocou em campo o atacante Alex para fazer companhia a Lima na linha de frente tricolor. Saiu o volante Carlos Alberto, que não gostou nada da substituição.

A primeira chegada do time alagoano aconteceu apenas aos 44 minutos com um chute de fora da área do meio-campo Danilo Cruz. A bola passou à direita do gol defendido por Ivan.


Segundo tempo:

Aos três minutos a Agremiação Sportiva Arapiraquense chegou ao ataque após passe do meia Valdívia (não o famoso, mas sim Caique Ferreira, de 19 anos) para o artilheiro Lúcio Maranhão chutar de esquerda para boa defesa de Ivan.

Seis minutos mais tarde, Lima chutou de longe, à direita do gol. Aos 10, o lateral-direito Eduardo teria sido derrubado dentro da área, mas o árbitro não assinalou o pênalti, alegando que o lance teria ocorrido fora da área.

No lance, Pedro Paulo alçou na área e Alex cabeceou para Gilson segurar firme. Aos 19 minutos, Lima chegou com a bola dentro da área mas chutou em cima do goleiro alagoano.

Aos 25, um lance capital para o resultado final da partida. O ASA ficou com um jogador a menos após Fabiano dar uma cotovelada em Tiago Real, com a bola parada.

Quatro minutos mais tarde, o Joinville fez o único gol da partida. Tiago Real chutou de longe e contou com desvio em Alex para abrir o placar na Arena, 1 a 0. A equipe alagoana reclamou em vão de um toque na mão de Alex na jogada. O gol foi validado e o JEC venceu a terceira consecutiva.


Escalações:

Joinville: Ivan; Eduardo, Pedro Paulo, Maurício e Romano; Leandro Carvalho, Glaydson, Carlos Alberto (Alex), Tiago Real e Marcinho (Jocinei); Lima (Jean Carlos) – Leandro Campos.

ASA: Gilson; Gabriel, Fabiano, Gaúcho e Chiquinho Baiano; Jorginho, Audálio, Cal, Danilo Cruz (Elvis) e Valdívia (Roberto Jacaré); Lúcio Maranhão (Alexssandro) – Heriberto da Cunha.


Gols: Joinville: Tiago Real (29/2º).

Nenhum comentário:

Postar um comentário