9 de jun de 2012

Zé Carlos faz três e Criciúma vence mais uma


Camisa 9 do Tigre chegou aos sete gols e é o artilheiro da Série B

Artilheiro está nas graças da torcida. Foto: Fernando Ribeiro

Após um início avassalador, o Tigre enfrentou o América-MG fora de casa e se deu mal. A torcida não deixou de acreditar, e quase 10 mil pessoas foram ao Heriberto Hülse para assistir Criciúma x Goiás pela quinta rodada da Série B.

Jogando em casa, o Tigre foi superior durante todo o tempo, e não permitiu que o Esmeraldino almejasse uma vitória. Douglas Leite e Diego Felipe foram destaques do Tricolor do sul do estado.

Mas o destaque absoluto, mais uma vez, foi Zé Carlos. O artilheiro fez três gols. O primeiro de cabeça, com oportunismo. Os outros dois com tranquilidade, tirando adversários das jogadas para chutar tranquilo para o gol.

Com mais três, Zé Carlos já soma sete gols marcados pela Série B, e é o artilheiro da competição. A vitória levou o Criciúma aos 12 pontos e a manutenção da terceira colocação, apenas um ponto atrás dos dois Américas, que lideram o campeonato.

Confira a classificação da Série B:


Primeiro tempo:

O Criciúma enfrentou dificuldades no início da partida. No primeiro minuto, o Goiás chegou ao ataque com Ricardo Goulart, que deu um chapéu e apareceu na pequena área. A zaga catarinense tirou para escanteio. No cruzamento, falha do goleiro Douglas Leite, mas o ataque goiano desperdiçou.

Os zagueiros do Criciúma erravam muito e davam oportunidades para o ataque do Esmeraldinho. Enquanto isso, o Tigre pouco conseguia chegar ao ataque.

Após algum tempo sem emoção, Zé Carlos começou a aparecer para o jogo e abriu o placar aos 24 minutos. Ao receber lançamento, o Zé do Gol cabeceou direto para o gol. A bola ainda bateu na trave, nas costas do goleiro Pedro Henrique e entrou, 1 a 0.

Aos 31, nova chance para o time da casa. Zé Carlos lançou Kleber que dentro da área, desperdiçou. Dois minutos depois, o placar foi ampliado. Zé Carlos driblou o goleiro e bateu com tranquilidade para fazer seu segundo, 2 a 0.


Segundo tempo:

O segundo tempo começou controlado pelo Criciúma, que, como tinha vantagem de dois gols no placar, não fazia muita força para partir ao ataque. Os primeiros minutos foram de boa marcação e controle do time catarinense.

Aos 16 minutos Zé Carlos apareceu mais uma vez. A bola sobrou para o artilheiro e ele não perdoou, driblou o zagueiro Rafael Toloi e bateu de chapa para ampliar. Hat-trick do Zé do Gol.

Aos 20, a primeira chegada perigosa do time goiano. Em cruzamento, Rafael Toloi finalizou de cabeça e a bola foi para fora, muito perto do gol defendido por Douglas Leite.

Seis minutos mais tarde, bela defesa do goleiro do Goiás. Marlon cobrou falta com endereço. A bola ia no ângulo, mas Pedro Henrique defendeu. Aos 28 quem chegou foi o Goiás. Douglas Leite fez bela defesa e a bola sobrou para Ramon, que perdeu um gol feito.

Depois disso, a torcida do Criciúma já gritava “olé” nas arquibancadas do Heriberto Hülse. O time tocava bola sem partir para o ataque e garantiu o placar até o fim. 3 a 0 e G-4 garantido.


Escalações:

Criciúma: Douglas Leite; Ezequiel, Matheus, Nirley e Marlon; Diego Oliveira, Fransérgio, Giovanni Augusto (Diego Felipe) e Kleber; Lucca (Gilmar) e Zé Carlos (Douglas) – Paulo Comelli.

Goiás: Pedro Henrique; Vítor (Felipe Amorim), Ernando, Rafael Toloi e Egídio (Tiago Humberto); Amaral, Valmir Lucas, Thiago Mendes, Ramon e Ricardo Goulart; Iarley (Júnior Viçosa) – Enderson Moreira.


Gols: Criciúma: Zé Carlos (24/1º, 33/1º e 16/2º).

Nenhum comentário:

Postar um comentário